Home MUSEU Cultura Chinesa Acrescentar Pernas à Serpente

Acrescentar Pernas à Serpente

O dragão aparece muito nas lendas chinesas. Os imperadores consideravam-se e eram considerados pelos seus súbditos “dragões enviados à Terra pelo Deus do Céu”, ou “filhos do dragão”.

No reino Chu, que existiu na antigüidade chinesa, houve certo dia, uns criados a quem o patrão deu, como presente, uma garrafa de aguardente que havia sobrado dos rituais em memória dos antepassados. Houve, então, quem dissesse:

-- Uma garrafa de aguardente para tanta gente? Não dá para matar a sede de ninguém! É melhor que fique só para um de nós.

Todos concordaram com a ideia. Mas quem abriria mão da sua oportunidade de ficar com a garrafa? O que fazer?

Um dos criados propôs então:

-- Cada um de nós vai desenhar uma serpente no chão, e quem acabar primeiro ficará com a garrafa.

-- Boa ideia! Disseram os outros.

Pegando nos “pauzinhos” que habitualmente usavam para comer, todos começaram apressadamente a desenhar as suas serpentes.

Passados alguns minutos, um deles acabou o desenho, e logo agarrou a garrafa. Porém, antes de a levar à boca, pôs-se a olhar para os amigos, que ainda não tinham conseguido fazer a cabeça da serpente, ou estavam ainda a começar o seu desenho. Pensou então:

-- Ainda tenho tempo de pôr algumas pernas à minha serprente.

Enquanto retocava a sua obra, um dos outros acabou o desenho, e arrebatou-lhe a garrafa das mãos, dizendo:

-- As serpentes não têm pernas! Com pernas, não seria uma serpente.

Dito isto, bebeu a aguardente de um só trago, deixando boquiaberto aquele que decidira acrescentar as pernas à sua serprente.