Home MUSEU Terapias Chinesas Medicina Mongol

Medicina Mongol

Sobre a medicina mongol

A medicina mongol é uma medicina tradicional desenvolvida a partir de práticas medicinais cotidianas da etnia mongol. Ela é típica da região mongol e se caracteriza por usar menos remédios, com melhor eficiência e métodos simples e eficazes.

Teorias fundamentais da medicina mongol

Semelhante à medicina tibetana, a medicina mongol também explica o relacionamento entre os órgãos do corpo humano com três fatores, divididos como funções orgânicas, temperatura humana e desequilíbrio do corpo humano.

 Tratamentos típicos mongois  

Sangrias

O tratamento de sangrias é aplicado em certos pontos a fim de tirar um pouco de sangue não saudável para prevenir doenças.  

     Ventosa terapia e sangria

O tratamento de ventosa terapia e sangria constitui uma integração entre os dois tratamentos. A operação terapêutica de inspirar as ventosas no corpo consistia em colocar sobre a pele uma campânula de vidro ou outras formas de aspiradores semelhantes aos copos das ventosas, após formar o vácuo pela queima do ar no seu interior, devendo aplicá-las prontamente sobre a pele para gerar sucção no local. Depois disso, deve-se aplicar sangrias nos pontos para tirar sangue e líquidos malêficos. O tratamento é considerado mais fácil e com rápido efeito curativo.

   Acupuntura

 Segundo a medicina mongol, acupuntura com moxibustão é mais usada.

 Terapia com iugurte

  Sendo um tratamento terapêutico muito tradicional, ele tem bons efeitos de fortificar o corpo humano e prevenir doenças. Segundo estudos, iugurte conta com elementos muito nutritivos como açúcar, vitaminas, a C em especial, gorduras, além de aminoácidos, ácidos lácticos, fermento e elementos minerais.  

Álgebra na medicina mongol

A Álgebra mongol é o tratamento terapêutico muito usado e com muitas experiências. Para álgebra mongol, os métodos constituem um processo de seis fases como fixação, recuperação, massagem, banho terapêutico etc.